sábado, 7 de novembro de 2009

LUZIÂNIA - A HISTÓRIA DE SEU PROGRESSO


Parece inacreditável que esta cidade de 263 anos comece a caminhar para o futuro somente agora...
Como foi que esta velha senhora atravessou os anos, dois séculos, e chegou ao que é hoje, ainda uma "senhorinha" dando seus passos timidamente?
Mas aqui estamos, parados sobre esse chão, olhando para ver até onde podemos ir. O certo é que já demos passos para um futuro tão promissor que não há mais como retroceder para aquele passado obscuro.
Estamos crescendo e nossa vista alcança e vislumbra tudo aquilo que podemos ser, não a velha "senhorinha" que baixa a cabeça para tudo, mas a CIDADE dos sonhos de muitos homens e mulheres e que chegou ao futuro com seu pé fincado no progresso. É isto o que esperamos: crescer e progredir com responsabilidade social, respeitando a natureza e sem, jamais, esquecer o passado:

LUZIÂNIA – A HISTÓRIA DE SEU PROGRESO

Mineração


O bandeirante aqui veio
Rompendo estrada e sertão
Seu sonho escavou a pá –
O ouro que dá o chão –
A mula trouxe ao garimpo
O homem de outro torrão
Em seu alforje um desejo –
Riqueza em mineração

Agricultura

O ouro foi acabando
O touro virou cultura
O café a terra engrandeceu
A força da agricultura
E o trabalho duro de mãos
Refletem o esforço grande
Em acabar com a fome –
A sua maior intenção.

Pecuária

A glória áurea do passado
Nos leva para o futuro
O trabalho de nossa gente –
O ouro, a terra, a pecuária –
O sonho humano acalentado
De enaltecer o porvir
Criando, gerando riqueza
Sem jamais esquecer o passado.

Indústria

O progresso chegou no galope
Em “lombo” de caminhão
As engrenagens da indústria
À transformação da matéria –
Juntaram forças nesta cidade
Assim Luziânia cresceu –
Às boas graças do Divino –
À força que o povo deu.